Abramos el cesto del sagrado saber
Que hablen nuestros ancestros
Dejemos sonar los cantos y rezos ancestrales
Que nos guíen por los caminos de La paz
E La compresíon entre los hombres

03 março 2010

Agenda do Espaço Rapa Nuy para o mês de Março de 2010

(clique na imagem para ampliar)


MAWAKA - Círculo de Cantos Sagrados
Dia 11 e 25 de Março de 2010 - 20 h
Facilitadora Cris Machado
Investimento: R$ 20,00 (o encontro)

R$ 34,00 ( o mês)

Os cantos são um guia de luz pelas sendas da intenção. O círculo é um lugar para compartilhar. Esta será uma noite para cantar, abrir o coração, soltar a voz. A oração toma forma de canção; a canção flui no espaço, ecoando na natureza. Cantar com o toque da alma, cantar para a água, para o vento, para o fogo e para a terra.Cantar para que nos ouçam, cantar para ouvirmos o outro. Memórias vivas da sabedoria ancestral.

Confirmar presença até às 14 h dos dias 11 e 25/03/2010.

Obs: se quiser, leve seus instrumentos sagrados (maracás, tambor, etc...)


CERIMÔNIA DO CACHIMBO SAGRADO
Dia 12 de Março de 2010- 19:30 h

Condutora: Cris Machado

Esta cerimônia é gratuita!
A fim de apoiar o Espaço Rapa Nuy, solicitamos, amorosamente, doação de tabaco.


Cachimbo Sagrado é uma medicina sagrada ancestral, recebida pelos Lakota pela Mulher Novilho Búfalo Branco.

Através da fumaça do tabaco, honramos as direções sagradas, o céu, a terra e todas as nossas relações. Também estabelecemos nossos propósitos e agradecimentos. O tabaco é sagrado para praticamente todas as tradições nativas das Américas, como sendo um veículo de contato e reverência ao Grande Espírito, às forças e energias.

Nós recebemos o Cachimbo para poder enviar nossas preces e manifestar nossa gratidão ao Grande Mistério e para simbolizar a Paz entre todas as Nações, Tribos e Clãs. O fornilho do Cachimbo representa o aspecto feminino de todas as coisas vivas e o tubo é o símbolo do aspecto masculino em todas as formas de vida. O simples ato de colocar o tubo no fornilho simboliza união, criação e fertilidade. (trecho retirado do livro "As cartas do Caminho Sagrado")


TEMAZCAL
Dia 13 de Março de 2010 – 14 h

Temazcaleira: Cris Machado
Investimento: R$ 53,00

Na língua Lakota, falada pelos Sioux, significa "Útero da Mãe Terra". Nele, intervêm os quatro elementos: a Terra, que nos apoiamos, o Fogo, onde as pedras são aquecidas, a Água, colocada sobre estas e o vapor, representando o Ar. São utilizadas, também, plantas medicinais.

Os ensinamentos ancestrais dão conta que somente podemos seguir um belo caminho quando estivermos livres de antigas memórias que nos aprisionam. Um dos propósitos do temazcal é este, o resgate do passado e a vivência do “agora”, para que possamos projetar uma boa vida, para nós e as futuras gerações.

(extraído de http://www.tempodovento.com.br/rituais_temazcal.htm em 02/06/2009)


RODA DE CURA
Dia 17 de Março de 2010 - 20 h
Condutoras: Neite e Tatiana Almeida
Esta cerimônia é gratuita!

A fim de apoiar o Espaço Rapa Nuy, solicitamos, amorosamente, doação em velas e incensos.


O objetivo deste círculo sagrado é realizamos meditações para a terra e cura pessoal e planetária.

Os índios americanos reconhecem a vida como um movimento circular, um caminho a ser percorrido na Roda de Cura.

Quando se constrói uma Roda de Cura, edifica-se uma representação simbólica do Universo e da Mente Universal, cujo Todo é conectado em harmonia com todos os seres.

A Roda de Cura é um mapa da vida e seu uso nos permite encontrar nosso próprio caminho de auto-conhecimento, para mudar e transformar a própria vida.

Serve também para rezar, meditar, contemplar e fortalecer nossa conexão com a natureza, etc.

(texto extraído de http://www.tatankaishca.com.br/rodadecura.html)