Abramos el cesto del sagrado saber
Que hablen nuestros ancestros
Dejemos sonar los cantos y rezos ancestrales
Que nos guíen por los caminos de La paz
E La compresíon entre los hombres

27 setembro 2011

Cabala – Noções Gerais

Por Paulo Stekel

A palavra CABALA, originalmente QABALLAH, provém do verbo hebraico QIBBEL ("aceitar, receber, tomar algo") e, neste sentido, significa TRADIÇÃO. Era, no início, uma tradição espiritual dos hebreus que vinha desde Moisés, sendo oral, passada de pai para filho (e de mestre para discípulo) ao longo dos séculos.

Em princípio, a Cabala (esta é a forma da palavra em português) versa sobre os cálculos místicos com os nomes e as letras (Cabala Simbólica), as Hierarquias de Anjos e Demônios e a transmigração das almas (Cabala Dogmática), as Sefirot, a Árvore da Vida e a Divindade (Cabala Metafísica). O ensinamento tradicional da Cabala é ao mesmo tempo HISTÓRICO, MORAL e MÍSTICO.
Na realidade, existem "duas" Cabalas:

1ª - A chamada CABALA JUDAICA, que é a mais conhecida hoje em dia. Trata-se das interpretações dos rabinos judeus acerca da TORAH ("A Lei"), contida no Pentateuco de Moisés [os cinco primeiros livros do Antigo Testamento], com ênfase especial no GÊNESE ou SÉFER BERESHÍTH ("Livro do Princípio"), que constitui a mais antiga obra cabalística que se conhece. Nesta Cabala, há um misto de moral e religião, com tendência judaizante, o que normalmente afasta os estudantes que não são adeptos do Judaísmo. Esta Cabala é feita de especulações dos descendentes de Moisés.

2ª - A chamada CABALA MOSAICA, a verdadeira Cabala ensinada por Moisés há cerca de 3400 anos. Para desenvolvê-la, serviu-se dos antiqüíssimos arquivos sacerdotais dos Iniciados do Egito, datados talvez da época do continente perdido da ATLÂNTIDA (por isso chamados "arquivos atlantes"), e que continham, em forma velada, toda a religião e ciência daquela avançada civilização do passado.

Acerca da CABALA ATLANTE, nada se pode dizer, uma vez que desapareceram os tais arquivos que lhe serviram de base juntamente com o povo que durante milhares de anos os guardou. Dela só podemos ter uma idéia analisando a CABALA MOSAICA que, sem dúvida, teve como fonte os arquivos originais. Baseado nestes arquivos, Moisés escreveu a sua COSMOGONIA (origem do mundo) e a história do passado da humanidade em sua ANTROPOGONIA (Adão é a representação da primitiva Atlântida). Em algumas partes chegou mesmo a transmitir conhecimentos tecnológicos da antiga civilização atlante.

As fontes da Cabala são, em primeiro lugar, o GÊNESE ou SEFER BERESHITH e depois, o ÊXODO, seguindo-se a estes [e contendo cada vez menos da verdadeira tradição de Moisés], o LEVÍTICO, o NÚMEROS e o DEUTERONÔMIO. Estes cinco livros formam o PENTATEUCO cristão ou o SEFER MOSHEH judeu ("Livro de Moisés").

Como os livros cabalísticos de Moisés eram de difícil compreensão para o vulgo, os rabinos escreveram diversos comentários ou interpretações, que vieram a se constituir no TALMUD (escrito entre 300 a.C. e 500 d.C.). Ele é a base do que chamamos Cabala Judaica, mas não é o que mais interessa ao cabalista (em hebraico, MEQUBAL) e sim, duas outras obras de cunho mais místico que o Talmud, surgidas na Idade Média. São elas:

a) SEFER YETSIRAH ("Livro da Formação" ou "Criação"): Parece ser a primeira obra filosófica escrita em hebraico. Sua data correta e seu verdadeiro autor ainda não foram determinados. Mesmo assim, parece que o livro já era conhecido no século II d.C., apesar de alguns rabinos acharem que sua composição tenha se dado entre os séculos VIII e XI d.C. A autoria de tal obra, atribuída ao patriarca Abraão, é fantasiosa. Alguns o atribuem ao rabino AKIBA (séc. II d.C.). A obra descreve cada uma das 22 letras do alfabeto hebraico e as suas relações simbólicas com o ser humano, com o céu astronômico, dias da semana, meses do ano, etc.

b) SEFER HA-ZOHAR ("Livro do Esplendor") ou simplesmente ZOHAR: Não é, de maneira alguma, uma obra unificada, totalmente coesa e sem contradições [como, aliás, toda a Bíblia!]. Na verdade, apresenta por vezes contraditórias forças do movimento cabalístico. Segundo muitos, teria sido escrita ou, o mais provável, apenas compilada, por volta de 1286 pelo cabalista espanhol MOSES DE LEÓN (falecido em 1305), o que não pode ser de todo descartado. Trata de assuntos relativos ao Gênese mosaico, à morte, ao espírito, às Sefirot, ao Sábado, ao destino da Alma, à Árvore da Vida e ao significado oculto da Torah (a Lei).
OBS.: Sem conhecer estas obras em SEU IDIOMA ORIGINAL, o hebraico [e um pouco de aramaico], ninguém pode pretender ser um legítimo CABALISTA, pois a língua hebraica apresenta sutilezas de significado que não é possível captar através das traduções disponíveis para línguas modernas.

Fraternalmente,

Stekel

Curso de Cabala - nível I



Início em 11 de outubro de 2011

Curso com 16 horas de duração dividido em oito encontros de duas horas, das 20h às 22h, sempre às terças-feiras. O período do curso será de 11 de outubro a 20 de novembro.

IMPORTANTE: A primeira aula será aberta para convidados sem qualquer custo para estes, caso não queiram continuar com o curso depois.


Valores: O custo total do curso é de R$ 400,00 (quatrocentos reais), incluído o material didático, que podem ser divididos em 2x, com a 1ª parcela em 11 de outubro e a 2ª parcela em 08 de novembro.

Se você estiver interessado e trouxer mais dois inscritos no curso, terá 50,00 (cinquenta reais) de desconto, o equivalente a uma aula.


Os objetivos deste curso vão desde ensinar as bases do Hebraico antigo para aqueles que gostariam de saber o suficiente para escrever coisas interessantes, como os Nomes Divinos ou os nomes dos anjos, até um aprofundamento na língua para se ler e interpretar os textos da Bíblia e da Cabala (como o Sefer Yetsirah e o Sefer Ha-Zohar). Por isso, é composto de forma bem didática, permitindo que você possa se aprofundar até a medida de suas necessidades ou interesses.

No curso você aprenderá as bases da escrita hebraica, as vogais e as consoantes, os sinais de leitura, os primeiros vocabulários e as primeiras noções da gramática da língua hebraica antiga e do Aramaico (a língua dos tempos de Jesus), os mistérios do alfabeto hebraico, os numerais, o caso construto e o absoluto, a numerologia metafísica, entre muitos outros temas.

O curso tem uma visão holística e complementar, indo além dos conceitos espirituais envolvidos na Tradição da Cabala, por vezes relacionando-os com outras tradições espirituais, como o Vedanta, o Yoga, o Gnosticismo e o Cristianismo.

Este curso foi criado porque sempre sentimos a falta de um estudo universalista que acomodasse num mesmo trabalho a gramática hebraica e os princípios da Tradição da Cabala, geralmente assuntos tratados em separado nos cursos disponíveis no Brasil.

Alguns tópicos do curso: Noções ortográficas; Consoantes e Vogais hebraicas; Conceito de Cabala; A Tradição Hebraica e a Cabala; A Árvore da Vida na Cabala; As 32 Sendas – chave de números e letras; Correspondências astrológicas no Sefer Yetsirah; Relação entre os Nomes Sagrados e os Números; Ensinamentos da Cabala Mística; Mistérios do alfabeto; Trechos do Zohar para estudo; Vocabulário especial do Antigo Testamento (com freqüência); O Código Secreto da Bíblia; Cabala e Judaísmo; Cabala Literal, Dogmática e Luriânica; Numerologia Metafísica; Anjos; Teurgia; Operações Cabalísticas; Noções de Magia Cabalística e Invocações Angélicas.

Ministrante: Paulo Stekel
                  (Sintonizador musical; escritor; prof. de Cabala e línguas sagradas - http://stekelmusic.blogspot.com)


Stekel_banner abril 2011.JPG

Local: Espaço Rapa Nuy
           Rua Delfino Riet, 116 - Santo Antônio - Porto Alegre - RS
Informações pelo fone: (51) 3235-2124
Email: espacorapanuy@gmail.com
Site: http://erapanuy.blogspot.com

21 setembro 2011

PRIMAVERA EM FESTA

Olá família, 
Este ano o PRIMAVERA EM FESTA - Encontro anual das guardiãs do Círculo Sagrado de Visões Femininas - ocorrerá em Porto Alegre, no Espaço Rapa Nuy.
 
É com muita alegria que convido a todos para este GRANDE CÍRCULO de HOMENS e MULHERES. Tragam a família, vamos celebrar!
Segue em anexo o convite e a programação:
 
 

Sábado 01/10 - 14h ás 21h - OFICINAS durante a tarde, SARAU a noite
Camila Ceroni (Flora) - Imbé/RS
OFICINA: A Mulher de Barro e o Vaso Sagrado - mito e resgate do feminino através da modelagem.

Nôra Shannon - Maricá/RJ
OFICINA: "Reza e Benzimento"
Como ser curador da Alma e do Corpo, abordando o uso da energia prânica de cura e o resgate da reza e do benzimento.

Rosana Costa Szalanski - Capão da Canoa/RS
OFICINA: "A Dança dos Elementos".  Uma conexão com a vibração dos elementos da natureza.

Marcela Zaroni - RJ
Jornada ao Ventre da Mulher Sábia (meditação com tambor)

A noite SARAU com FOGUEIRA - tragam instrumentos musicais (quem tiver) e um agasalho ou manta para se cobrir.

Domingo 02/10  - 09h ás 16h - TENDA DO SUOR
Trazer: roupa para suar (mulheres biquini ou saia, homens calção de banho ou bermuda), chinelo, toalha de banho, canga, oferta para a mulher do fogo, frutas ou lanche para compartilhar.

Participação de SABRINA ALVES (Clã dos Ciclos Sagrados/SP), idealizadora do projeto Círculo Sagrado de Visões Femininas - Encontros de Mulheres na Lua Nova.

Contribuição:
R$ 50,00 por pessoa, cada dia
(com alimentação e participação livre em todas as oficinas).

ATENÇÃO - quem escolher participar dos 2 dias e quiser pousar no Espaço Rapa Nuy, traga barraca e colchonete (taxa: R$ 20,00 a diária)  - necessário confirmar presença.


NECESSÁRIO INSCRIÇÃO ANTECIPADA!



Local: Espaço Rapa Nuy

Rua Delfino Riet, 116
Sto Antônio - Porto Alegre/RS
(51) 32352124